fbpx
logo

Horário de Funcionamento

Seg - Sex 07:00 - 17:30

-

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

#EstudarFora – Saiba mais sobre como está sendo a experiência da nossa intercambista mexicana!

A Mariana Lozano Martinez veio do México para fazer um intercâmbio de 11 meses, no Brasil. Aos 16 anos, a jovem que é natural da Cidade do México, se encantou pelo país e está adorando a experiência de passar um tempo fora, conhecendo uma nova cultura. Tivemos um bate-papo com ela para inspirar mais jovens a se aventurar e aprender também, através de uma viagem como essa.

 

Como e por que decidiu fazer intercâmbio? Para conhecer
novas pessoas, outras línguas…

Por que o Brasil e Gaspar? Queria visitar o Brasil
porque era bonito e tinha curiosidade. As opções eram entre França, Brasil e Itália.

Por que o Colégio Madre? A família onde ela se
hospeda escolheu a escola.

Foi bem recebida quando chegou? Sim, foi bem
recebida, porém não falava português, o que dificultou um
pouco…

As aulas em português estão muito difíceis?  
Química, Física e Literatura são as matérias mais
difíceis, porém gosta bastante de Ensino
Religioso.

Teve incentivo da família? Sim, estavam com medo,
mas acharam legal. A família apoiou.

Qual foi o maior choque cultural que recebeu quando
chegou? Os dois países são bem parecidos…estranhou a pizza que
comemos com garfo.

Uma experiência boa? Conhecer intercambistas e
lugares, provar comidas, açaí, maionese de batata…

Uma experiência ruim? A saudade dos amigos e da
família.

Fala quantos idiomas e pretende aprender mais quantos? Fala
inglês, além do espanhol, e está aprendendo o
português. Gostaria de aprender o italiano e francês …

Como que começou a se interessar pelo
português? Gosta do idioma, tem um som bonito,
mas se encantou muito mais pela cultura.

Quais as diferenças entre o Brasil e o México? As
comidas são mais doces, e tem bastante diferença da fauna e da
flora. Nunca tinha visto uma capivara antes.

Quais as maiores semelhanças entre os dois países?
A proximidade entre as pessoas, as pessoas são
gentis.

Como era sua vida/rotina no seu país? Durante a
tarde tinha atividades na escola, saía com os
amigos, domingo era mais em família…

Que tipo de aprendizagem você considera
importante? Proatividade, força de vontade, sair da
zona de conforto, explorar o mundo.

Você acha que este intercâmbio está mudando/vai
mudar você como pessoa? Sim, ajuda a me tornar mais independente,
perder a timidez…

Quais estereótipos você ouvia dos brasileiros e o que
acha deles agora? Achava que os brasileiros comiam
sopa de macaco (kkkkk). Os brasileiros são bastante
alegres e abertos, tem muito futebol.

Já pensou em qual profissão você gostaria de atuar?
Administração o Psicologia. Mas no México, muitas
pessoas não atuam na mesma área em que se formam.

 

Sobre o programa: 

Para fazer o intercâmbio do Rotary pelo club de Gaspar, o jovem precisa ter entre 15 e 17 anos e fazer parte do Interact. O pai ou a mãe devem participar do clube e todos precisam ser ativos nos programas. O processo para viagem demora um ano para ser realizado. A próxima seleção começa em junho de 2020. Quem for selecionado, viaja a partir de agosto de 2021.

 

Na primeira etapa do treinamento, o jovem faz uma prova de conhecimentos gerais sobre Santa Catarina, conhecimentos Rotários e Inglês, junto com uma redação. Também são aplicadas provas psicológicas e é realizado um acampamento onde os jovens são analisados pela desenvoltura em ajudar outras pessoas, resolução de problemas, convivência com dificuldades. Durante o ano de preparação, outros encontros são realizados para os jovens saberem como conviver com outras culturas, se portar em um ambiente diferente, etc. Já os pais, recebem treinamento de como receber intercambistas, como administrar à distância, lidar com a saudade e como conviver com outras culturas. Após esse treinamento, os participantes recebem uma classificação, e de acordo com ela, conseguem escolher o país.

 

Por exemplo, terminei na primeira colocação, posso escolher entre todos os países que estão disponíveis. Fiquei em 20º, vou poder escolher entre todos que ainda estão disponíveis. Os participantes só sabem das vagas meses depois, quando o Programa de Intercâmbio do Rotary realiza um evento chamado escolha de vagas.

 

 

Comments are closed.
Skip to content